Uso da emergia para análise da contabilidade ambiental na produção convencional de morango no município de Espírito Santo do Dourado (MG)

Luciana Ferreira Gonçalves, Carlos Cézar da Silva, José Hugo de Oliveira, Letícia de Alcântara Moreira

Resumo


O presente artigo teve como objetivo analisar e apresentar o resultado obtido pela contabilidade ambiental em emergia de um sistema de produção de morango convencional no munícipio de Espírito Santo do Dourado, Minas Gerais. Foram coletados dados qualitativos no Sítio São Pedro para cálculos emergéticos. O sistema foi analisado por meio dos indicadores ambientais que apresentaram os seguintes valores: Rendimento em Emergia (EYR) 1,20; Investimento em Emergia (EIR) 5,07; Carga Ambiental (ELR) 6,09; Índice de Sustentabilidade (ESI) 0,20; Percentual de Recursos Renováveis (%R) 14,11%; Emergia por Unidade (UEV) 1,58x1009 sej/ano; Transformidade 1,26x1009 sej/J. Os resultados da contabilidade ambiental em emergia e dos indicadores obtidos foram comparados com os de dois trabalhos realizados anteriormente encontrados na literatura: uma lavoura de morango tipo orgânico, no  município de Bueno Brandão (MG), e outro, também orgânico, no município de Piracicaba (SP). A produção convencional de morango estudada neste trabalho mostrou que há muito gasto emergético para o produto final, tanto no que concerne a energia provinda de recursos não renováveis quanto a recursos econômicos.

Palavras-chave


Morango. Contabilidade Emergética. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Luiz Eduardo Correa. EMBRAPA. Ageitec- Agência Embrapa de Informação Tecnológica. Monterey: Monterey. 2016. Embrapa. Disponível em: . Acesso em: 03 set. 2016.

CORSINI, I. et al. Contabilidade em Emergia de Dois Sistemas de Geração de Energia Elétrica com Utilização de Resíduos. In: 3RD INTERNATIONAL WORKSHOP ADVANCES IN CLEANER PRODUCTION, 3., 2011, São Paulo. “CLEANER PRODUCTION INITIATIVES AND CHALLENGES FOR A SUSTAINABLE WORLD. São Paulo, 2011. v. 10, p. 4 - 6.

DONADELLI, Alceu; KANO, Cristiane; FERNANDES, Flavio. ESTUDO DE CASO: ANÁLISE ECONÔMICA ENTRE O CUSTO DE PRODUÇÃO DE MORANGO ORGÂNICO E CONVENCIONAL: . 2012. Pesquisa & Tecnologia, vol. 9, n. 2, Jul-Dez 2012. Disponível em: . Acesso em: 25 ago. 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. ESPIRITO SANTO DO DOURADO Censo Agropecuário 2006: Censo demográfico 2016.. Disponível em: . Acesso em: 02 set. 2016.

ODUM, H.T. Systems Ecology: An Introduction. John Wiley, New York, 1983. ODUM. Howard T. Environmental accounting. EMERGY and environmental decision making. John Wiley & Sons, New York, 1996.

TEXEIRA, César Pereira. Produção de mudas e frutos do morangueiro em diferentes sistemas de cultivo. 2011. 74 f. Tese (Doutorado) - Curso de Agronomia, Fitotecnia, Universidade Federal de Lavras, 2011. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2016.

ULGIATI, S.; ODUM. H. T.; BATIANONI. S. Emergy use environmental loading and sustainability an emergy analysis os Italy, Ecological Modelling,. p. 215-268, 1994.

VENDRAMETTOA, L. P.; BONILLA, S. H.. Contribuições da Contabilidade Ambiental em Emergia para a Compreensão do Sistema de Produção da Soja na Perspectiva da Agricultura Sustentável In: INTERNATIONAL WORKSHOP ADVANCES IN CLEANER PRODUCTION, 2., 2009, São Paulo. KEY ELEMENTS FOR A SUSTAINABLE WORLD: ENERGY, WATER AND CLIMATE CHANGE. São Paulo: Advance, 2009. v. 10, p. 4 - 5.

RIBEIRO, Shenatta Faria et al. Compartilhamento de manejo do plantio do morango em busca da redução dos impactos ambientais. In: JORNADA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO IFSULDEMINAS, 8., 2016, Passo. Anais... . Pouso Alegre: Ifsuldeminas, 2016. p. 1 - 4.

ZANATTA, Mayara Gomes. Análise de viabilidade econômica na produção de morango (Fragaria x ananassa Duch.) semi-hidropônico em São João do Sul - Santa Catarina. 2015. 19 f. TCC (Graduação) - Curso de Agronomia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 jun. 2016.

YURI, Jony e et al. Cultivo de morangueiro sob diferentes tipos de mulching. Hortic. Bras., [s.l.], v. 30, n. 3, p.424-427, set. 2012. FapUNIFESP (SCIELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0102-05362012000300011.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v10n220181110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.