Influência das variáveis climáticas na incidência da varíola do mamoeiro “Sunrise Golden” em diferentes densidades de cultivo sob manejo orgânico de produção

Thiago Cunha Silverio, Luiz Aurélio Peres Martelleto, Nilson Costa Rezende, Herton Chimelo Pivoto, Livia Israel Ferreira

Resumo


A doença fúngica conhecida como varíola ou pinta preta é um dos principais entraves para a produção comercial do mamão (Carica papaya) nas regiões tropicais e subtropicais do planeta. Sua alta incidência em lavouras comerciais ou domésticas, além de promover a queda prematura de folhas, provoca danos na superfície dos frutos, afetando, com isso, a qualidade dos mesmos. Apesar da importância, raros são os estudos com informações seguras de como os fatores climáticos atuam na sua epidemiologia. A obtenção de informações sobre os efeitos das variáveis climáticas sobre as doenças é indispensável para recomendar o manejo racional destas. Assim, num experimento com diferentes densidades de cultivo orgânico do mamoeiro, montado no Espírito Santo, grande produtor de mamão do Brasil, registrou-se através de uma microestação meteorológica, desde o transplantio, os valores diários das Temperaturas e da Umidade Relativa do Ar. Os valores foram confrontados para os meses de abril, maio, junho, julho e agosto de 2015, quando ocorreu a incidência natural da varíola nos mamoeiros. Para estabelecer as análises, adotaram-se notas de severidade da doença. As diferentes densidades de cultivo adotadas foram: (D1) 1667, (D2) 2167, (D3) 2667, (D4) 3167, (D5) 3667 e (D6) 4167 plantas por hectare. Os resultados apontaram que a maior severidade da doença ocorre numa combinação de maiores Amplitudes Térmicas, média das Temperaturas Máximas variando de 28 a 300C, média das Temperaturas Mínimas próximas de 20 0C, com Umidade Relativa do Ar próxima de 80%; e ainda, mais favorecida pelo maior adensamento de cultivo.


Palavras-chave


Asperisporium caricae. Controle Alternativo. Leite de vaca cru.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, G. V. B; RODRIGUES, M. G. V; CASTRICINI, A. Produção, mercado e aspectos econômicos. Informe Agropecuário; Belo Horizonte, MG: Epamig, v. 34, n.275, 2013.

BARRETO, L. F.; SAVAN, P. A. L.; LIMA, L. L.; LODO, B. N. Avaliação de fungicidas no controle de Asperisporium caricae na cultura do mamoeiro. Rev. Bras. Fruticultura, Jaboticabal - SP, Volume Especial, E. 399-403, Outubro 2011.

BERGAMIN FILHO, A.; JESUS JUNIOR, W.C. de; AMORIM, L. Danos causados por doenças em fruteiras tropicais. In: Zambolim, L. Manejo Integrado de Fruteiras Tropicais: Doenças e Pragas. Viçosa, MG: UFV - Impr. Univ, 2002. p. 47-69.

HUBER, L. & GILLESPIE, T.J. Modeling leaf wetness in relation to plant disease epidemiology. Annual Review of Phytopathology, Palo Alto, n.30, p.553-577, 1992.

JONES, A.L. Roleof wet periods in predicting foliar diseases. In: Leonard, K.J. & Fry, W.E. (Ed.). Plant Disease Epidemiology: Populacion Dynamics and Management. New York: MacMillan, 1986. p. 87-100.

MARTELLETO, L. A. P. Desenvolvimento do ciclo e desempenho agronômico do mamoeiro sob cultivo orgânico em ambiente protegido. Tese (doutorado)- Orientador: Raul de Lucena Duarte Ribeiro. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Instituto de Agronomia. Rio de Janeiro, 2007, 192 p.

MARTELLETO, L. A. P. ; RIBEIRO, R. de L. D. ; Carmo, M. G. F. do ; SUDOMARTELLETO, M. ; GOES, A.. Incidência da varíola, causada por Asperisporium caricae, em folhas de mamoeiros submetidos ao manejo orgânico, em diferentes ambientes de cultivo. Summa Phytopathologica (Impresso), v. 35, p. 288-292, 2009.

PROATER - Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Incaper de Águia Branca -. INCAPER, Águia Branca – ES, 2011.

ROTEM, J. Climatic and weather influences on epidemics. In: ZADOKS, J.C. & SCHEIN, R.D. Epidemiology and Plant Disease Management. New York: Oxford University Press, 1979. p.317-337.

SANTOS, V. J. Avaliação de resistência de genótipos de mamoeiro Asperisporiumcaricae. Dissertação (Mestrado) – Orientador: Ana Cristina Vello Loyola Dantas. Cruz das Almas, BA: Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, 2009.

SANTOS, P. H. D. Produtos alternativos no controle de doenças fúngicas em folha e fruto de mamoeiro. Dissertação (Mestrado – Produção Vegetal). Orientador Silvaldo Felipe da Silveira. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias. Campos dos Goytacazes, RJ, 2013.

SUZUKI, M. S.; ZAMBOLIM, L.; LIBERATO; J. R. Progresso de doenças fúngicas e correlação com variáveis climáticas em mamoeiro. Summa Phytopathologica, v.33, n.2, p.167-177, 2007.

TRINDADE, A. V. In: Mamão. Produção: aspectos técnicos. Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA) – Brasília: Embrapa Comunicação para Transferência de Tecnologia, 77p. (Frutas do Brasil; 3), 2000.

VIVAS, M. Avaliação de germoplasma e híbridos de mamoeiro quanto à resistência às doenças causadas pelos fungos Asperisporium caricae, Colletotrichum gloeosporioides, oidium caricae e Phoma caricae-papayae. Dissertação de Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas – Universidade Estadual do Norte Fluminense – UENF, 2009. 103p.

ZADOKS, J.C. & SCHEIN, R.D. Epidemiology and Plant Disease Management. New York: Oxford University Press, 1979. 427p.

ZAMBOLIM, M.E. & ZAMBOLIM, L. Controle integrado de viroses de fruteiras tropicais. In: Zambolim, L. Manejo Integrado de Fruteiras Tropicais: Doenças e Pragas. Viçosa-MG: UFV, Imprensa Universitária, 2002. p.155-238.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v10n420181208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.