Effect of biofertilizer on soil fertility and lettuce nutrition

Westefann dos Santos Sousa, José Roberto Verginio de Pontes, Osmanny Francisco Pereira de Melo

Resumo


This work aimed to evaluate the effect of the application of efficient microorganisms (EM), in the form of a biofertilizer, on soil fertility and leaf nutrition of lettuce during two crop cycles. One of the biggest challenges of organic production is the fertilization of crops. EMs are considered an alternative, sustainable, safe and low-cost technique to increase the productivity of organic foods, and their use is a good option for agroecological management. For the capture of the EMs and the production of the biofertilizer, a rice substrate was used, according to the methodology used by Brazilian Ministry of Agriculture, Cattle and Supplying (MAPA, in Portuguese: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Soil samples were collected at the beginning of the first cycle and at the end of the second cycle. The samples were sent for chemical analysis, in order to evaluate possible changes in the concentration of Ca, Mg, K, P and Zn, as well as the levels of CTC, base saturation, organic matter and pH. For leaf analysis, leaf concentrations of the following nutrients were observed: N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu Fe, Mn, Zn. The results were satisfactory for the treatment that received weekly application of efficient microorganisms, which resulted in a greater increase of the elements K, Zn and Ca in the soil. As for leaf concentrations, there was a significant difference for N and P (48 and 9.2 g kg-1, respectively) in the treatment used with biofertilizer.


Palavras-chave


Lactuca sativa L. Organic production. Efficient microorganisms. Organic cocktail.

Texto completo:

English pdf Português pdf

Referências


ALEXANDRE, J.; OLIVEIRA, M. L. F.; SANTOS, T. C.; CANTON, G. C.; CONCEIÇÃO, J. M.; EUTRÓPIO, F. J.; CRUZ, Z. M. A.; DOBBSS, L. B.; RAMOS, A. C. Zinco e ferro: de micronutrientes a contaminantes do solo. Natureza On Line, [s.l.], v. 10, n. 1, p.23-28, dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2019.

ANDRADE, F. M. C. Cadernos dos microrganismos eficientes (EM): Instruções práticas sobre o uso ecológico e social do EM. 2 ed. Viçosa: [s.n.], 2011.

BATTISTI, M. B.; SANTOS, M. G. Avaliação da eficiência da aplicação de microrganismos eficientes EM•1® em cultivo de alface. 2011. 41 p. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2019.

BRAGA, G. N. M. A Relação Ca:Mg do Solo e o Ideal para as Plantas. 2010. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2019.

FAGERIA, N. K. Níveis adequados e tóxicos de Zinco na produção de arroz, feijão, milho, soja e trigo em solo de cerrado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 4, n. 3, p.390-395, out. 1999. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2019.

INAGAKI, A. M.; DIAMANTE, M. S.; SEABRA JÚNIOR, S. NUNES, M. C. M.; SILVA, M. B.; NEVES, S. M. A. S. Identificação, mapeamento e comercialização de alface em Cáceres, Mato Grosso – Brasil. Horticultura Brasileira, [s.l.], v. 29, n. 2, p.353-361, jul. 2011. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

CAMARGO, O. A.; MONIZ, A. C.; JORGE, J. A.; VALADARES, J. M. A. S. Métodos de Análise Química, Mineralógica e Física de Solos do Instituto Agronômico de Campinas. Campinas: Instituto Agronômico. Boletim técnico, Edição revisada e atualizada, 106. 77 p. 2009. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

KATHOUNIAN, C. A. A reestruturação ecológica da agricultura. Botucatu: Muccio & Associado, 2001. 345 p. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

KAUARK, F. S.; MANHÃES, F. C.; MEDEIROS, C. H. Metodologia da pesquisa: um guia prático. Itabuna: Via Litterarum, 2010. 88 p. Disponível em: . Acesso em: 17 out. 2018.

LEITE, C. D.; MEIRA, A. L. Preparo de microrganismos eficientes (EM). Fichas Agroecológicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), n.31, 2016.

LEITE, C. D.; MEIRA, A. L.; MOREIRA, V. R. R. Uso de microrganismos eficientes em Plantas, Sementes e Solo. Fichas Agroecológicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, n.32, 2016.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. 2. ed. Piracicaba: Potafos, 1997. 319 p.

MATOS, F. A. C.; COSTA JÚNIOR, A. D.; SERRA, D. D.; BOAVENTURA, E. C.; DIAS, R. L.; CASCELLI, S. M. F. Alface: saiba como cultivar hortaliças para colher bons negócios. Brasília: Plano Mídia, (Agricultura Familiar). 2011, 32 p.

MENDES, I. C.; REIS JUNIOR, F. B. Microrganismos e disponibilidade de Fósforo (P) nos solos: uma análise crítica. Planaltina: Embrapa, 2003. 26 p. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

MITSUIKI, C. Efeito de sistemas de preparo de solo e do uso de Microrganismos Eficazes nas propriedades físicas do solo, produtividade e qualidade de batata. 2006. 98 p. Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

PEREIRA, T. G.; SILVA, S.; MORAIS, E. G.; LOPES, M. A. P.; PEREIRA, J. G.; GONÇALVES, L. D. Utilização de microrganismos eficientes (EM) na produção de alimentos orgânicos. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG – Campus Bambuí, 2014.

RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; VENEGAS, V. H. A. Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5ª Aproximação. Viçosa: UFV, 1999. 359 p.

SAMPAIO, B. S. Biofertilizante na produção de Alface. 2013. 85 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Espírito Santo, São Mateus. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2019.

SANTOS, H. G.; ZARONI, M. J. Saturação por bases. Agência Embrapa de Informação Tecnológica, 2006. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2018.

SIQUEIRA, A. P. P.; SIQUEIRA, M. Bokashi: adubo orgânico fermentado. Niterói: Coordenadoria de Difusão de Tecnologia, 2013. 18 p. Programa Rio Rural. Disponível em:. Acesso em: 28 fev. 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v12n120201414

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Westefann Santos Sousa, José Roberto Verginio Pontes, Osmanny Francisco Pereira Melo

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.