Morphometric characterization of Mestre Campo Stream Watershed, in Piranga City, Minas Gerais

Paulo Henrique Da Silva Câmara, Kleber Mariano Ribeiro, Kátia Daniela Ribeiro, Tainá Ramos Pereira

Resumo


The multiple environmental dynamics of watersheds make these natural spaces interesting objects of study, and in areas with few scientific investigations, such as the Mestre Campo Stream watershed, the need for these investigations is even greater. The accomplishment of this paper sought to characterize the morphometry of Mestre Campo Stream Watershed, located in Piranga City, Minas Gerais, Brazil, as a first activity to create a management plan for the natural resources available in the area. Therefore, TOPODATA geomorphological data were used in a geographic information system (GIS) to extract the morphometric information – area and respective perimeter, length of axis and of drainage network – from the study area and, then, these variables were used to estimate the following indicators: form factor, circularity and compactness indexes, elongation ratio and drainage density, in order to describe the watershed. The morphometric indexes indicated an elongated behavior for the watershed, characterizing it as a space of low susceptibility to flooding under normal precipitation conditions. In addition, the drainage network showed fourth-order ramifications and a median capacity of drainage. The sub-watersheds that makes the Mestre Campo Stream Watershed were also characterized, the Sub-watershed of Brum Stream presented a rounded shape, while the Alto Mestre Campo Sub-watershed presented elongated characteristics. These results highlight the heterogeneity of Mestre Campo Stream Watershed, which must be considered when elaborating the management plan for the studied watershed, respecting the particularities of that geographic space in order to properly explore its natural resources.


Palavras-chave


Environmental management. Shape indexes. GIS.

Referências


AHER, P. D.; ADINARAYANA, J.; GORANTIWAR, S. D. Quantification of morphometric characterization and prioritization for management planning in semi-arid tropics of India: A remote sensing and GIS approach. Journal of Hydrology, v. 511, n. 1, p. 850-860, 2014.

ANTONELI V.; THOMAZ E. L. Caracterização do meio físico da bacia do arroio boa vista - Guamiranga-PR. Caminhos de Geografia, Uberlândia v. 8, n. 21, p. 46-58. 2007.

BERTOLINI, W. Z.; CHEREM, L. F. S. Relação entre o relevo e a rede de drenagem na análise da condição de equilíbrio no alto rio Piranga (MG). Revista Geografias, v. 12, n. 1, p. 102-118, 2017.

CAETANO, J. M.; CASAROLI, D. Tendências dos modelos hidrológicos integrados aos sistemas de informações geográficas a partir da cienciometria. Comunicata Scientiae, v. 7, n. 3, p. 406-414, 2016.

CARDOSO, C. A.; DIAS, H. C. T.; BOECHAT, C. P. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do Rio Debossan, Nova Friburgo/RJ. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 2, p. 241-248, 2006.

CARVALHO, D. F.; MELLO, J. P. L.; SILVA, L. D. B. Apostila Hidrologia. UFRRJ. Rio de Janeiro – RJ. 2006. Disponível em: < http://www.ufrrj.br/institutos/it/deng/jorge/downloads/APOSTILA/LICA%20Parte%201.pdf>. Acesso em: 14 fev. 2019.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. 2. ed. São Paulo: Edgard Blucher, 1980. 188 p.

COELHO NETTO. A. L. Hidrologia de Encostas na Interface com a Geomorfologia. In GUERRA, A. J.T.; CUNHA, S.B. Geomorfologia: Uma Atualização de Bases e Conceitos. Ed. Bertrand Brasil, 1995.p 93- 48

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária –. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Sumula da 10ª Reunião Técnica de Levantamento de Solos, 1979, Rio de Janeiro. Súmula… Rio de Janeiro, 1979. 83 p.

FERRARI, J. L.; SILVA, S. F.; SANTOS, A. R.; GARCIA, R. F.; Análise morfométrica da sub-bacia hidrográfica do córrego Horizonte, Alegre, ES. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 8, n. 2, p. 181-188, 2013.

LACERDA, F. M. Análise geoquímica e ambiental para descrição da bacia do rio Oratórios – MG. Geochimica Brasiliensis, v. 28, n. 2, p. 227-236, 2014.

LANDAU, E. C.; GUIMARÃES, D. P. Análise Comparativa entre os modelos digitais de elevação ASTER, SRTM e TOPODATA. In: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). 2011, Curitiba – PR. Anais … Curitiba: XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. 2011.

LIMA, A. G. G. Hidrologia. 2018. Disponível em: < http://www.antoniolima.web.br.com/arquivos/morfologiaBacias.htm>. Acesso em: 14 fev. 2019.

LIMA, K. C.; CUNHA, C. M. L.; SANTOS, J. M. Análise geomorfológica da bacia hidrográfica do rio Bom Sucesso (semiárido da Bahia) através da aplicação de parâmetros morfométricos da rede de drenagem. Revista de Geografia (Recife), v. 27, n. 2, p. 31-44, 2011.

MARCUZZO, F. F. N.; ROMERO, V.; CARDOSO, M. R. D.; PINTO FILHO, R. D. F. Detalhamento hidromorfológico da bacia do rio Doce. In: XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. 2011

MOSCA, A. A. O. Caracterização hidrológica de duas microbacias visando a identificação de indicadores hidrológicos para o monitoramento ambiental do manejo de florestas plantadas. 2003. 88 p. Tese (Doutorado). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Piracicaba.

NASCIMENTO, R. A.; CASTRO, J. F. M. Análise Climatológica Da Bacia Do Rio Piranga-MG:(1951-2012). Geografia e Pesquisa, v. 7, n. 1, p. 79-99, 2013.

PORTO, M. F. A.; PORTO, R. L. Gestão de bacias hidrográficas. Estudos avançados, v. 22, n. 63, p. 43-60, 2008.

QGIS, D. T. Quantum GIS geographic information system. Open Source Geospatial Foundation Project, v. 45, 2011.

RODRIGUES, F. M.; PISSARRA, T. C. T.; CAMPO, S. Caracterização morfométrica da microbacia hidrográfica do córrego da fazenda Glória, município de Taquaritinga, SP. Irriga, v. 13, n. 3, p. 310-322, 2008.

RODRIGUES, R. S. S.; FERNANDES, L. L.; CRISPIM, D. L.; VIEIRA, A. S. A.; PESSOA, F. C. L. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do Igarapé da Prata, Capitão Poço, Pará, Brasil. Revista Verde, v.11, n.3, p.143-150, 2016.

SANTOS, H. G.; CARVALHO JÚNIOR, W.; DART, R. O.; AGLIO, M. L. D.; SOUSA, J. S.; PARES, J. G.; FONTANA, A.; MARTINS, A. L. S.; OLIVEIRA, A. P. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília, DF: Embrapa Solos. 2013. 353 p.

SILVEIRA, A. L. L. Ciclo hidrológico e bacia hidrográfica. In: TUCCI, C. E. M. Hidrologia: Ciência e aplicação. São Paulo: EDUSP, 2001. p 35-51.

SIQUEIRA, H. E.; TIBERY, L. R.; GUIDOLINI, J. F.; VALE JUNIOR, R. F.; RODRIGUES, V. A. Análise morfométrica e definição do potencial de uso do solo da microbacia do Rio Veríssimo, Veríssimo – MG. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer, Goiânia, v.8, n.15; p. 2236-2246, 2012.

SOBRINHO, F. A. P.; Composição florística e estrutura de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Aluvial em Viçosa (MG). Floresta, v. 39, n. 4, p. 793-805, 2009.

STRAHLER, A. N. Quantitative analysis of watershed geomorphology. Eos, Transactions American Geophysical Union, v. 38, n. 6, p. 913-920, 1957.

STRAHLER, A.N. Hypsometric (area-altitude) analysis and erosional topography. Geological Society of America Bulletin, v. 63, n. 1; p. 1117-1142, 1952.

TRENTIN, R.; ROBAINA, L. E. S.; SILVEIRA, C. T. Compartimentação Geomorfométrica da Bacia Hidrográfica do Rio Itú / RS. Revista Brasileira de Geomorfologia, v. 16, n. 2, p. 219-237, 2015.

TUCCI, C.E.M. Hidrologia: ciência e aplicação. Porto Alegre: UFRGS/Edusp/ABRH, 2001. 943p.

VILLELA, S. M.; MATTOS A. Hidrologia Aplicada, Ed. McGraw-Hill, São Paulo. 1975. 245 p.

ZANATA, M.; PISSARRA, T. C. T.; ARRAES, C. L.; RODRIGUES, F. M.; SERGIO, C. Influência da escala na análise morfométrica de microbacias hidrográficas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.15, n.10, p.1062–1067, 201




DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v12n120201431

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Paulo Henrique Da Silva Câmara, Kleber Mariano Ribeiro, Kátia Daniela Ribeiro, Tainá Ramos Pereira

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.