Avaliação do desenvolvimento morfológico inicial de quatro espécies de leguminosas arbóreas sob diferentes substratos

Jéferson Alves dos Santos, Lilian Vilela Andrade Pinto, Ademir José Pereira

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de três diferentes substratos (S1- terra de subsolo + composto industrial + superfosfato simples (SS), S2- somente composto industrial + SS e S3- composto industrial + húmus de minhoca + terra de subsolo + SS) nos parâmetros morfológicos de mudas (diâmetro de colo, altura da parte aérea e número de folhas) de quatro espécies de leguminosas arbóreas ( Cassia ferruginea - canafístula, araribá, Centrolobium tomentosum - araribá, Platypodium elegans - jacarandá - branco e Senna macranthera - manduirana) e indicar qual o melhor substrato para a produção de mudas destas espécies em sacolas de polietileno. O experimento foi instalado no delineamento inteiramente casualizado (DIC) com 5 repetições das
quatro espécies sob os três substratos avaliados no viveiro de mudas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – Campus Inconfidentes. Para a espécie C. ferruginea, apenas o substrato S1 foi indicado. Para a espécie os três substratos
proporcionaram bons resultados em crescimento em diâmetro, altura e número de folhas, podendo os três substratos serem usados na produção de mudas desta espécie. Para a espécie o substrato mais indicado foi o S2 e para a espécie o substrato S1 foi o mais indicado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n12009230

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.