Análise da acurácia e precisão obtidas no transporte de coordenadas com utilização de estações fiduciais

Alessandro Salles Carvalho, Moisés Ferreira Costa, Luiz Danilo Damasceno Ferreira, Dalto Domingues Rodrigues

Resumo


O transporte de coordenadas visa a determinação posicional de pontos de interesse a partir
de vértices materializados vinculados a um determinado sistema de referência, ou seja, é a
determinação posicional de pontos de interesse vinculados a um sistema geodésico de referência.
Deste modo, pretende-se verificar a acurácia e precisão das coordenadas de uma estação
transportada denominada METE, que foi obtida por meio da utilização de 2, 3 e 6 estações de
referência no ajustamento, neste trabalho designadas de estações fiduciais. Para alcançar este
objetivo foram utilizadas 6 estações ativas pertencentes à Rede Brasileira de Monitoramento
Contínuo (RBMC) para compor as estações fiduciais e uma estação passiva para compor a estação
transportada, cujas coordenadas são homologadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE). Foi realizada uma sessão de observação de 6 horas, e para o pós-processamento
dos dados foi utilizado o aplicativo computacional Ashtech Solutions v. 2.7. O ajustamento das
componentes vetoriais das linhas de base (dx, dy, dz) foi feito por meio do método paramétrico linear
com a inclusão de parâmetros ponderados ou pseudo-observações.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n12009236

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.