Novos produtos e energia a partir de biomassa, uma matéria prima abundante e renovável para o Brasil

Felipe Moreton Chohfi, Gustavo Paim Valença

Resumo


A biomassa consiste de qualquer fonte de carbono renovável advinda de fotossíntese que
pode ser aproveitada de forma a obter combustíveis e novos produtos. Ao contrário dos outros
recursos comumente classificados como combustíveis fósseis, em especial o carvão e o petróleo, a
biomassa esta disponível por todo Brasil distante dos locais onde há petróleo. O Brasil detém
vocação para produção de biomassa por conter climas tropicais e equatoriais, com grande
intensidade solar e disponibilidade de água. São diversos os tipos de biomassa que podem ser
convertidos em energia e novos produtos, entre elas, o capim-elefante, dendê, eucalipto, bambu,
cana-de-açúcar entre outros. O presente estudo visa avaliar a tecnologia de termo-conversão de
biomassa em um gás de síntese para valoração como um insumo energético ou na produção de
novos produtos. São diversas as aplicações possíveis a partir do gás de síntese, entre elas podemos
destacar a queima direta do gás para geração de energia elétrica com alta eficiência, produção de
hidrogênio para células combustível, a síntese Fischer-Tropsh, síntese do metanol e Di-Metil Éter,
DME e até a fermentação do gás de síntese como discutido neste artigo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n12009238

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental


Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.