Avaliação da eficiência de sanitizantes em setores de radiologia em hospitais

Karina Colasso Vargas, Kelly de Araújo Gonzales

Resumo


Objetivo: avaliar quatro agentes sanitizantes de uso cotidiano hospitalar para determinar a
eficiência no combate aos microrganismos existentes em setores de Radiologia. Material e métodos:
Realizou-se a quantificação e caracterização dos microrganismos existentes nos principais equipamentos
do setor de Radiologia em um hospital público no Paraná. Os testes realizados utilizaram álcool 70%,
hipoclorito de sódio 2,5%, glutaraldeído 2% e ácido peracético+H2O2 0,2%. Resultados: a maior
densidade de microrganismos em 150cm² dos equipamentos foi de bactérias heterotróficas, na mesa
de raios X; foram encontrados exemplares de Staphylococcus sp. e fungos totais também nos demais
equipamentos; o gênero Pseudomonas sp. não foi detectado. Para os testes com o hipoclorito de sódio
2,5%, ácido peracético+H2O2 0,2% e glutaraldeído 2% não houve crescimento algum para os tempos
testados. Apenas para o álcool 70% no tempo de 5 min, um dos fungos testados apresentou crescimento.
Conclusão: todos os sanitizantes foram considerados eficientes para os microrganismos testados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v2n12010247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.