Monitoramento da fertilidade do solo submetido à erosão hídrica em área cultivada com Eucalyptus sp. em São João Evangelista, MG

Dênniel Trajinelli Coelho Pinheiro, Claudionor Camilo da Costa, Leandro Lopes Motta, Fernando Coelho Godinho, Jadir Vieira da Silva

Resumo


Este trabalho teve como objetivo quantificar as perdas de fósforo (P), potássio (K), magnésio
(Mg) e cálcio (Ca) no sedimento erodido e comparar as variações da matéria orgânica (MO), potencial
hidrogeniônico (pH) e capacidade de troca catiônica efetiva (CTC) do solo com os sedimentos carreados
por erosão hídrica em cultura de eucalipto sob chuva natural. Para as coletas das amostras de solo
erodido foi instalado um tratamento pelo método de parcela padrão com dimensões de 12 x 24m com
declividade de 42% no sentido longitudinal. As coletas foram feitas no período compreendido entre
janeiro a abril de 2009 após cada evento de chuva erosiva assim classificada, cujos registros foram
maiores que 10 mm h
-1
. As amostras de solo foram retiradas dos tanques de coletas e encaminhadas
ao laboratório de solos do Instituto Federal de Minas Gerais, onde os sedimentos foram secados e
analisados quimicamente. As perdas totais de nutrientes foram de 11,42 kg ha
-1
representadas por 63%
de Ca, 18% de Mg, 13% de K e 6% de P. O pH e CTC apresentaram um aumento das suas concentrações
nos sedimentos erodidos e a MO não apresentou variações.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v2n12010252

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.