Efeito dos tratos silviculturais na produtividade e na qualidade da madeira em plantações de Eucalyptus spp

Genilson Cordeiro de Sousa, Jadir Vieira da Silva, Claudionor Camilo da Costa

Resumo


O presente trabalho descreve os tratamentos culturais que podem ser realizados em plantações de eucalipto, com o intuito de melhorar a produtividade e qualidade da madeira produzida.
A escolha do espaçamento inicial de plantio depende do destino final da madeira a ser produzida.
O controle de plantas invasoras pode ser de forma manual, mecânica ou química nas linhas e/ou
entrelinhas de plantio, este é de suma importância principalmente no estabelecimento da floresta, no qual essas plantas invasoras iram competir pelos recursos do meio com as mudas recém
plantadas, retardando o crescimento da floresta. A fertilização pode alterar a estrutura anatômica
e a densidade da madeira. A desrama pode melhorar a qualidade da madeira tornando-a isenta de
nós. O desbaste é empregado para ampliar o espaço vital, e obter, dessa forma, um maior crescimento em diâmetro das árvores remanescentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v2n22010271

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.