Polímeros Biodegradáveis: Aplicação na Agricultura e sua Utilização como Alternativa para a Proteção Ambiental

Rafael Machado Felix de Lima, Valdomiro Vagner de Souza

Resumo


O crescente consumo de materiais, desde a era industrial, vem gerando resíduos que cada
vez mais prejudicam o meio ambiente. O desenvolvimento de materiais sustentáveis, que agridam menos a natureza, tende a ser uma ótima alternativa tanto para a proteção ambiental, quanto
para o desenvolvimento industrial. Deste modo, surgiram os biopolímeros. Estes novos materiais
são obtidos através do processo de polimerização, que consiste no agrupamento de unidades
monoméricas de fontes renováveis de carbono. O surgimento deste material biodegradável representa uma nova fase da sustentabilidade que visa o desenvolver tecnológico juntamente com
a preocupação ambiental. Estes novos produtos possuem menor tempo de degradação na natureza, acarretando, desta forma menor poluição. O presente artigo de revisão visa à descrição das
vantagens da utilização de Polímeros Biodegradáveis na diminuição dos impactos ambientais
causados pela crescente urbanização. Dar-se-á enfoque a aplicação dos mesmos na agricultura,
valendo-se principalmente da utilização dos chamados Hidrogéis, tidos como agentes condicionadores de solo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n12011303

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.