Aproveitamento Energético dos Resíduos Sólidos Urbanos em Aterro Sanitário

Geslaine Frimaio da Silva, Cecilia M. Villas Bôas de Almeida, Biagio F. Giannetti, Sílvia H. Bonilla

Resumo


Em países em desenvolvimento os aterros sanitários se destacam como a técnica de disposição final de resíduos sólidos urbanos por apresentar menor custo e apresentar técnicas de engenharia que visam minimizar os impactos à saúde pública e ambientais. Nesse sentido este
estudo realiza a síntese em emergia de um aterro sanitário na cidade de São Paulo, que possui um
projeto de compensação ambiental e geração de energia elétrica por meio da queima do biogás.
A emergia total do sistema corresponde a 1,22x10 20 sej, as transformidades do RSU e da energia elétrica foram correspondem a 8,36x10 11 sej/J e 4,67x10 3.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n12011305

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.