Caracterização da Frota Pesqueira de Coari, Médio Rio Solimões (Amazonas-Brasil)

Sandrelly Oliveira Inomata, Carlos Edwar de Carvalho Freitas

Resumo


Os aspectos físicos, operacionais e econômicos da frota pesqueira no município de Coari, situado na região do Médio Rio Solimões (Estado do Amazonas), foram analisados por meio de dados coletados diretamente no
porto de desembarque e dados secundários no período de setembro de 2008 a outubro de 2009 obtidos junto às entidades de classe ligadas à atividade pesqueira. A frota pesqueira do município de Coari foi composta, em sua
maioria, por canoas motorizadas (7,6 m ±1,29), e por barcos pesqueiros com média de comprimento de 12,8 m (±1,94). Os lagos Coari e Juçara foram os principais locais de captura do pescado. A malhadeira foi o apetrecho de
pesca mais utilizado durante as expedições. As principais espécies capturadas foram as da ordem Characiforme, jaraqui (Semaprochilodus spp.), pacu (Mylossoma duriventre, Myleus sp.), sardinha (Triportheus spp.) e curimatã
(Prochilodus nigricans). O componente dos custos mais oneroso durante as pescarias de canoas motorizadas foi o combustível. Estes resultados podem subsidiar a elaboração de políticas de investimento e medidas adequadas
de manejo para melhoria da atividade pesqueira na região de Coari.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n22011333

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.