Avaliação da correção gravimétrica do terreno calculada a partir de Modelos Digitais de Elevação e associados ao Sistema Geodésico Brasileiro e ao EGM2008

Karoline Paes Jamur, Rogers A. D. Pereira, Silvio Rogério Correia de Freitas, Fabiani D. Abati Miranda

Resumo


A avaliação dos curtos comprimentos de onda do geopotencial normalmente está vinculada aos efeitos gravimétricos da topografia do terreno. Em vista da ausência de informação altimétrica em resolução adequada, utilizam-se modelos digitais de elevação, os quais têm como referência sistemas de altitudes globais, ao contrário de, por exemplo, o caso brasileiro, onde as altitudes estão vinculadas a um sistema local. Neste trabalho busca-se avaliar o quão diferente pode ser este efeito, levando em conta altitudes fornecidas pelo Sistema Geodésico Brasileiro (SGB) e altitudes fornecidas pelo modelo digital de elevação Digital Topographic Model 2006.0 (DTM2006.0), o qual é o Modelo Digital de Elevação (MDE) utilizado para calcular o Earth Gravitational Model 2008 (EGM2008) que é um modelo de geopotencial global. Para isto, foi produzido um aplicativo para efetuar o cálculo das correções do terreno a partir de dados do DTM2006.0 (vinculado ao EGM2008) e do SGB por aproximação linear. Com estes resultados foi possível quantificar o efeito do emprego de correções do terreno, em diferentes sistemas de referência, via o cálculo de anomalias de altitude.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n32011358

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.