Utilização de Biotech® para prevenção do entupimento de gotejadores

Kaio Golçalves de Lima Dias, Thiago Henrique Pereira Reis, Francisco Dias Nogueira, Maria Juliana Lasmar, Cesar Henrique Caputo de Oliveira, Paulo Tácito Gontijo Guimarães

Resumo


Este estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar a ação do BIOTECH® (ácido cítrico 10-2 M + complexo enzimático) na prevenção de entupimentos em gotejadores em sistema de fertirrigação. O experimento foi instalado em blocos casualizados num fatorial 8 x 4 com seis repetições sendo oito tratamentos, com soluções que continham ou não BIOTECH® misturados com alguns fertilizantes utilizados em fertirrigação e quatro períodos de avaliação da vazão dos tubogotejadores. As soluções fluíram sob pressão em tubulação de polietileno dotada de tubogotejadores com a vazão próxima a 1,6 L h-1, espaçados de 0,30 m, sendo cada tratamento composto por seis gotejadores. O fluxo foi cronometrado por 45 minutos, repetidos diariamente por um período de 34 semanas, subdividido em quatro períodos de avaliação. Durante as simulações de irrigação as precipitações químicas ocorreram gradualmente, modificando os coeficientes de variação de vazão e as uniformidades de distribuição dos tubogotejadores sendo possível concluir que o BIOTECH® minimizou a redução da vazão causada por entupimento, mas não impediu a obstrução total dos tubogotejadores pelas soluções indutoras de precipitação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n32011362

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.