Potencial de fragilidade ambiental no município de Santa Terezinha-MT identificado pela caracterização de áreas naturais e antropizadas

Raphael Maia Aveiro Cessa, Marcelo Henrique Soares

Resumo


Este estudo foi desenvolvido no Município de Santa Terezinha, no Estado do Mato Grosso, com objetivou identificar e caracterizar áreas naturais com elevado potencial de fragilidade ambiental com uso de imagens de satélites. Os potenciais das áreas consideradas no presente estudo com fragilidade ambiental situaram-se entre médio e forte, sendo o tipo de uso do solo determinante na sua variação. O predominante uso do solo nessas áreas com pastagens implantadas ou naturais com pouca produção de biomassa, sem nenhuma ou pouquíssima atenção quanto os aspectos de conservação de solo e água e/ou aporte de fertilizantes favoreceu a elevação das suas fragilidades.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v5n32013465

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.