Tratamento de resíduo líquido de laticínios utilizando Caixas de Gordura e Reator Anaeróbio Compartimentado seguido de Leitos Cultivados

Ana Cristina Ferreira Moreira da Silva, José E. S. Paterniani, Denis M. Roston, Taciano B. Fernandes

Resumo


Neste trabalho foram avaliados o desempenho e a eficiência de um sistema de tratamento de resíduos líquidos de laticínios na remoção da carga orgânica do resíduo em uma indústria de laticínios, utilizando um sistema composto por caixas de gordura, reator anaeróbio compartimentado e leitos cultivados de fluxo subsuperficial vegetado com Typha sp. e utilizando como meio suporte brita #1, sob diferentes tempos de detenção hidráulica (3 e 5 dias) nos leitos cultivados. Como média geral na remoção de DBO e de DQO, o tratamento utilizando tempo de detenção de 3 dias conseguiu remover 98,87% de DBO e  99,77% de DQO, enquanto o tratamento utilizando 5 dias de detenção hidráulica removeu, em média, 99,51% de DBO e 99,56% de DQO. Os resultados indicam que o sistema foi eficiente no tratamento de resíduos líquidos de laticínios.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v7n32015629

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.