Constatação do “efeito sombra” e economia de recursos hídricos e de energia na irrigação do cafeeiro por meio de um pivô central convencional

Nara Cristina de Lima Silva, Washington Luiz Assunção

Resumo


O pivô central é um sistema de irrigação que possibilita a aplicação de água em toda a área plantada. A observação do funcionamento de um pivô central convencional em campo, ao irrigar uma lavoura de cafeeiros adultos, possibilitou identificar um acúmulo de água nas extremidades dos dosséis das plantas em detrimento da região central das entrelinhas. Este trabalho teve como objetivo comprovar a influência do cafeeiro na interceptação da lâmina de irrigação aplicada por meio de um pivô central convencional, o que foi denominado pelos autores de “efeito sombra”. Além disso, o trabalho buscou constatar a possibilidade de economia de recursos hídricos e de energia em função do “efeito sombra”. O experimento foi realizado em uma área de 115,33ha plantada com duas cultivares do cafeeiro arábica (Cofeea arabica) onde foi coletada água aspergida pelo pivô central sob o dossel das plantas e nas entrelinhas. Os dados foram analisados estatisticamente por meio de análise descritiva e análise de variância, utilizando-se o software Action®. Os resultados mostraram que as lâminas médias coletadas sob os dosséis foram maiores do que as lâminas médias coletadas nas entrelinhas para ambas as cultivares, e a lâmina interceptada pelo cafeeiro foi, em média, 30,4% maior que a lâmina real aplicada pelo equipamento, comprovando-se o “efeito sombra” e, portanto, a possibilidade de economia de recursos hídricos e de energia.


Palavras-chave


Irrigação. Manejo sustentável. Economia. Cafeicultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v8n12016727

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.