ANÁLISES DO PERFIL BACTERIOLÓGICO DAS ÁGUAS DO RIBEIRÃO DAS ANTAS, NO MUNICÍPIO DE CAMBUÍ-MG, COMO INDICADOR DE SAÚDE E IMPACTO AMBIENTAL

Cláudio Carvalho da Silva, Ednei Aparecido da Silva, Luis Américo de Toledo, Miriam Aparecida Gomes Lima, Regiane Moreira, Marcos Roberto Cândido, Fabrício dos Santos Ritá, Claudiomir Silva Santos

Resumo


O presente estudo tem por objetivo analisar sob o ponto de vista microbiológico as águas do Ribeirão das Antas no Município de Cambuí-MG, como indicador de saúde e impacto ambiental. Como objetivos específicos de detectar a presença de coliformes termotolerantes e a presença da espécie Escherichia coli. A pesquisa é, também, pioneira, sendo precursora de estudos futuros para esta área e local, analisando de forma inédita o curso do rio citado. Os resultados foram comparados com os padrões previstos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA 357/05 e mostraram que o rio apresenta altos níveis de Bactérias Heterotróficas, nos pontos 3 e 4 e também elevado número de Coliformes Termotolerantes e Totais bem como a presença de Escherichia coli, nos pontos 2, 3 e 4. Esses valores são provenientes das atividades agropecuárias, lançamento de esgoto sem tratamento no rio, falta de mata ciliar entre outros.  Medidas como a coleta e tratamento de esgoto na região, e a proposta de uma conscientização ambiental da população seriam uma busca para melhoria da qualidade da água do manancial, bem como o monitoramento bacteriológico e demais parâmetros para a classificação do Ribeirão junto ao CONAMA.


Palavras-chave


Qualidade da água. Análises Bacteriológicas. Coliformes termotolerantes. Escherichia coli

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v0n02014751

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.