Influência da restrição alimentar pré e pós-natal sobre a composição relativa dos cortes da carcaça, em cordeiros Santa Inês

Rodrigo Palomo de Oliveira, Juan Ramon Olalquiaga Perez, Luciana Castro Geraseev, Paulo Afonso Carvalho, Joel Augusto Muniz, Maria Cristina Bressan

Resumo


O experimento foi conduzido no Setor de Ovinocultura da Universidade Federal de Lavras
com o objetivo de avaliar os efeitos da restrição pré e pós-natal sobre o crescimento relativo dos
cortes comerciais da carcaça, em relação à carcaça fria. Foram utilizados 48 cordeiros machos não
castrados, que foram divididos em três grupos: restrição pré-natal, restrição pós-natal e nenhum
tipo de restrição (grupo controle). Os animais foram sorteados aleatoriamente para serem abatidos
nas faixas de 15, 25, 35 e 45 kg de peso vivo, quatro animais de cada manejo alimentar. No abate,
os animais foram suspensos pelos membros posteriores e insensibilizados mecanicamente. Posteriormente, procedeu-se à secção da artéria carótida e veias jugulares, com coleta e pesagem do
sangue. Depois da determinação do peso de carcaça fria (PCF), foram feitos os seguintes cortes na
carcaça: pescoço, costeletas, paletas, costelas/fraldas, lombos, pernas, braços anteriores e posteriores. Após a pesagem dos cortes, foram calculadas as porcentagens em relação ao PCF. As restrições
alimentares pré e pós-natal apresentaram efeitos no crescimento relativo dos cortes comerciais da
carcaça, em relação à carcaça fria, tanto entre os diferentes manejos alimentares como entre os
pesos de abate, comprovando a importância da correta suplementação das ovelhas no terço final de
gestação, principalmente quando gestantes de gêmeos, como na fase posterior ao nascimento até a
idade ou peso de abate.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n2200977

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.