Semeadura direta de candeia (Eremanthus erythropappus) sob diferentes adubações em Inconfidentes

Flávia Freire de Siqueira, Lilian Vilela Andrade Pinto

Resumo


Eremanthus erythropappus é uma espécie florestal nativa encontrada em grandes altitudes
que possui grande interesse econômico devido ao óleo que é extraído de toda a planta e por isso
vem sendo dizimada. Os objetivos deste estudo foram: i) avaliar se a técnica de regeneração artificial por semeadura direta pode ser empregada para a espécie, ii) avaliar a influência do clima de
Inconfidentes - MG na semeadura direta de E. erythropappus, e iii) avaliar se a adubação tem influ-
ência na emergência das plântulas. A semeadura direta de E. erythropappus foi realizada em campo
no período chuvoso no delineamento em blocos casualizados com 4 tratamentos (superfosfato
simples, esterco bovino, formulado NPK 8-28-16 e testemunha) e 3 repetições. A emergência das
plântulas foi avaliada 30 e 64 dias após a semeadura. Com os resultados obtidos pode-se concluir
que a semeadura direta não foi uma técnica de regeneração artificial adequada para a espécie nas
condições climáticas ocorridas em Inconfidentes, MG, durante a condução do experimento e que a
adubação foi indiferente na emergência das plântulas semeadas diretamente na cova.
Palavras-chave: regeneração artificial, época de semeadura, precipitação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n2200978

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental


Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.