Levantamento da comunidade de aves em um sistema de fragmentos florestais interconectados por corredores ecológicos no município de Lavras

Bruno Senna Corrêa, Aloysio Souza Moura

Resumo


Foi realizado um levantamento da comunidade de aves em fragmentos florestais conectados por corredores ecológicos, no município de Lavras, MG - Brasil, compreendido entre as coordenadas 21º17’15.1”S e 21°19’25.2”S, 44°58’59.3”W e 44°59’53.1”W e altitude média de 982 m.
Foram estudados oito fragmentos de floresta estacional semidecidual (1,0 ha a 12,1 ha) conectados
por cinco corredores ecológicos de vegetação arbórea instalado sobre “valos”. Objetivou-se neste
trabalho analisar como propriedades da diversidade de aves estão relacionadas aos elementos da
paisagem, em uma escala local. O método utilizado para registro de avifauna foi de visualização/
vocalização em pontos fixos distribuídos no interior e borda dos fragmentos, corredor e matriz.
Foram registradas, em 132 dias (792 horas de observação), 179 espécies de aves, distribuídas em
44 famílias, sendo três espécies consideradas endêmicas do Cerrado, uma endêmica de Mata Atlântica, duas espécies ameaçadas de extinção no Brasil, duas espécies vulneráveis e duas introduzidas. Foram observadas diferenças na distribuição de aves entre fragmentos florestais, corredores
ecológicos e matriz, sendo mais freqüentes espécies adaptadas à matriz (ambientes abertos) do que
espécies florestais, entretanto não foram encontrados resultados significativos que demonstrassem
relação da variação da riqueza e da abundância, entre os ambientes estudados. Os resultados evidenciam a relativa ineficiência de fragmentos florestais pequenos mesmo que conectados para a
manutenção da diversidade biológica de espécies florestais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v1n2200981

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.