Substituição parcial do cimento Portland pela cinza de bagaço de cana-de-açúcar em habitações de interesse social

Mariana Felicetti Rezende, Fernando Carlos Scheffer Machado, Antonio Maria Claret Gouveia, Augusto Cesar Silva Bezerra, Rodolfo Henrique Freitas Grillo, Yuri Vilas Boas Ortigara

Resumo


Este trabalho apresenta uma simulação das possíveis reduções de emissões de gases de efeito estufa geradas pela substituição parcial de cimento Portland por cinza de bagaço de cana-de-açúcar (CBCA) em habitações de interesse social. Para isso, foi analisado o uso da CBCA nas construções do Programa “Minha Casa Minha Vida” em Minas Gerais e foram mensuradas as reduções pelo Método QE-CO2. As emissões de CO2 de dois cenários hipotéticos foram avaliadas com base na metodologia QE-CO2, nível básico. Os resultados demonstram que a substituição do cimento Portland pela CBCA pode gerar reduções de custos e, sobretudo, dos patamares de emissões de CO2, em ambos os cenários, evidenciando, dessa forma, a possibilidade de utilização da cinza de bagaço da cana-de-açúcar em habitações de interesse social.

Palavras-chave: Pozolana. Pegada de carbono. Mecanismo de desenvolvimento limpo. Sustentabilidade.


Palavras-chave


Cimento, Cinza de Bagaço de Cana-de-Açúcar; CO2; Habitação Social

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v9n12017914

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.