Registros ocasionais de mamíferos de médio e grande porte na microrregião de Lavras e São João del Rei, Campo das Vertentes, Minas Gerais

Felipe Santana Machado, Aloysio Souza de Moura, Kassius Klay Santos, Pedro Bolanho Mendes, Thamíris Christina Karlovic Abreu, Marco Aurélio Leite Fontes

Resumo


Trabalhos descritivos que visam reportar a ocorrência de espécies da mastofauna são de grande importância, uma vez que fornecem subsídios para a construção de práticas conservacionistas. Contudo, no Brasil, muitas áreas ainda carecem de estudos e uma dessas é a mesorregião do Campo das Vertentes. O presente trabalho objetivou reunir e apresentar registros de mamíferos de médio e grande porte coligidos ao longo dos últimos seis anos. Os registros aqui reportados resultaram de encontros ocasionais ocorridos durante inventários da fauna, com foco em outros grupos, conduzidos entre 2009 e 2014. No total foram encontradas 19 espécies pertencentes a seis ordens: Artiodactila (2 espécies); Carnívora (9 espécies); Lagomorpha (1 espécie); Primates (4 espécies); Rodentia (2 espécies); Cingulata (1 espécie). Embora esteja sob intensa pressão antrópica, a área de estudo abriga espécies importantes do ponto de vista ecológico e conservacionista, a exemplo da onça-pintada (Panthera onca), predador de topo de cadeia alimentar em estado crítico de ameaça no estado de Minas Gerais. Recomenda-se a realização de estudos sistematizados a fim de ampliar o conhecimento sobre a comunidade de mamíferos de médio e grande porte da região.

Palavras-chave: Descrição. Diversidade. Mastofauna.


Palavras-chave


Descrição. Diversidade. Mastofauna.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v9n12017930

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.