Doses de fomesafen no feijoeiro-comum cultivado em diferentes densidades de semeadura

Laís de Oliveira Silva, Dâmiany Pádua Oliveira, Fábio Aurélio Dias Martins, Augusto Ramalho de Morais, Adenilson Henrique Gonçalves, Messias José Bastos de Andrade

Resumo


O feijoeiro é uma planta de ciclo vegetativo curto com ampla adaptação edafoclimática e bastante sensível à interferência de plantas daninhas. O fomesafen é um herbicida recomendado para essa cultura, porém em seu estádio fenológico V4 qualquer estresse pode prejudicar seu desenvolvimento. Assim, objetivou-se avaliar os efeitos de populações de plantas e diferentes doses de fomesafen aplicadas no estádio V4 sobre componentes primários de rendimento de grãos do feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.). O experimento de campo foi desenvolvido na Fazenda Experimental de Lambari da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), em delineamento experimental, blocos ao acaso, em esquema fatorial 4 × 4, com três repetições, envolvendo quatro populações de feijoeiros cultivar BRSMG Majestoso (100, 167, 233 e 300 mil plantas ha-1) e quatro doses de fomesafen (125, 250, 375 e 500 g i.a. ha-1), correspondentes a 0,5, 1,0, 1,5 e 2,0 L ha-1 do produto comercial empregado. O fomesafen foi aplicado em pós-emergência no estádio V4 do feijão. Na maturação avaliou-se o rendimento de grãos e seus componentes primários (número de vagens por planta e de grãos e a massa de cem grãos). Conclui-se que o aumento da população no intervalo entre 100 e 300 mil plantas por hectare reduz o número de vagens por planta, mas não afeta o rendimento de grãos e que as quatro dosesde fomesafen testadas apresentam igual comportamento sobre a produção do feijoeiro.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris L. Herbicida. Produtividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v10n120181001

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.