Proposta para um sistema de automação de níveis digitais

Silvio Henrique Dellesposte Andolfato, Pedro Luis Faggion

Resumo


O presente trabalho apresenta a metodologia, os resultados e conclusões do desenvolvimento de um Sistema de Automação para Níveis Digitais – SAND, composto por uma plataforma
que aloja o motor de passo e os sistemas de engrenagem. Esta plataforma é controlada por uma
placa microcontroladora, que permite o movimento horizontal do nível geodésico digital, sem a
interferência do observador. Além disso, esta plataforma acomoda um motor que é utilizado para
realizar a focalização da imagem das miras verticais que são instaladas junto ao objeto que se deseja realizar o monitoramento. Utilizando técnicas do nivelamento geométrico, o SAND realiza
as leituras da mira com códigos de barra, visando à determinação dos desníveis entre os pontos
de interesse, e com isso determina possíveis deslocamentos da estrutura. O sistema foi desenvolvido para realizar o monitoramento de estruturas como pontes, viadutos, barragens, edifícios, em
tempo real, de forma automática, ou seja, sem a necessidade de um Técnico para operar o nível.
Os resultados obtidos demonstram a viabilidade da aplicação da metodologia proposta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v3n12011301

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.