Avaliação da densidade populacional e regeneração natural do palmito juçara (Euterpe edulis Mart.) no município de São João Evangelista-MG

Paulo do Nascimento, Geraldo Aparecido da Silva, Aderlan Gomes da Silva, Altamiro Lauro Alves Barbosa, Victor Hugo Sant’anna de Mello López

Resumo


Este trabalho foi desenvolvido em uma população de E. edulis (palmito juçara) em uma área de 4.5 hectares da fazenda Nova Granja de 363 hectares, em São João Evangelista, MG. Objetivou-se analisar a estrutura populacional dessa espécie em Floresta Estacional Semidecidual Montana, compreender sua dinâmica e contribuir com informações  sobre o manejo sustentado de E. edulis nesse tipo de ambiente. Os dados da população foram coletados em 10 parcelas de 10 x 15 m, alocadas em três transectos dispostos em nordeste-sudoeste, com 175 m de distância entre si. Coletaram-se dados referentes a cinco estádios de desenvolvimento (Jovem I, Jovem II, Imaturo I, Imaturo II e Adulto) e avaliaram-se a densidade e a regeneração dessa população. Foi encontrado grande percentual de Jovem I. Adultos com altura de inserção foliar entre 14,3 e 18,3 m foram a classe mais frequente nessa população. A densidade populacional apresentou-se relativamente alta (0,74/m2); a população possui distribuição em “J” invertido, sendo uma população em estado natural de conservação.

Palavras-chave: Palmeira juçara. “J” invertido. Arecaceae.


Palavras-chave


Palmeira juçara; “J” invertido; Arecaceae

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v8n22016829

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.