Avaliação da produção e qualidade de frutos de melancia sob diferentes doses de potássio em cobertura

Joel Carlos Alves Rodrigues, Luis Lessi Dos Reis, César Antonio da Silva

Resumo


O potássio desempenha várias funções na bioquímica e fisiologia das plantas, como nos processos de fotossíntese, transporte e armazenamento de assimilados. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e qualidade da melancia cv. ‘Crimson Select Plus’ em função de doses de potássio como cobertura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco tratamentos, quatro repetições e 20 plantas por parcela. Os tratamentos consistiram de cinco doses de potássio (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1). A fonte de potássio utilizada foi o cloreto de potássio (60% de K2O), aplicado de forma parcelada em cobertura. Foram realizadas avaliações de produção e qualidade de frutos: diâmetro do fruto - DF (cm), comprimento de fruto - CF (cm), massa fresca - MF e seca do fruto - MS (kg fruto-1), espessura da polpa - EP (cm), espessura casca - EC (cm) e produtividade – PRODU (t ha-1). Para avaliação de qualidade, foram realizadas as análises de sólidos solúveis - SS (ºbrix), pH, acidez titulável - AT e índice de maturação - IM (SS/AT). A espessura de casca, pH, acidez titulável e índice  de maturação não foi alterada pelas doses de potássio. A dose que apresentou melhores resultados para a cultura da melancia da cultivar “Crimson Select Plus” em cobertura foi de 209,39 kg de K2O ha-1

Palavras-chave


Citrullus lanatus. Cucurbitaceae. Nutrição

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v8n42016857

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.