Custo-benefício da secagem de café em diferentes tipos de terreiro

Oswaldo Lahmann Santos, Carlos Henrique Rodrigues Reinato, Juliano Donizete Junqueira, Emerson Loiola Franco, Caio Welber Alves Souza, Aydison Neves Rezende

Resumo


Neste trabalho objetivou-se comparar o custo de construção entre o terreiro de lama de cimento e outros diferentes tipos de terreiros de café, bem como a interferência desses terreiros na qualidade sensorial e alterações físico-químicas do café. O delineamento experimental consistiu em um delineamento inteiramente casualizado (DIC), com os tratamentos dispostos em fatorial. Foram utilizadas três repetições para cada tratamento. Após a secagem, as unidades experimentais foram beneficiadas e submetidas às análises. Para avaliação da composição química e física, foram realizados os testes de análise de condutividade elétrica e análise sensorial. Pelos resultados, verificou-se que o terreiro de lama de cimento se apresentou como uma excelente alternativa para a secagem do café, tanto do
ponto de vista econômico quanto do ponto de vista qualitativo.


Palavras-chave


Pós-colheita. Pavimentação. Influência. Processamento. Cafeicultura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18406/2316-1817v9n42017966

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Agrogeoambiental

Rev. Agrogeoambiental, Pouso Alegre, MG, Brasil. e-ISSN: 2316-1817

Licença Creative Commons

A Revista Agrogeoambiental está licenciada por uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.